terça-feira, 17 de outubro de 2006

AS VERDADEIRAS AMIZADES...
















Como é bom e reconfortante falar de amizade!
As amizades são construídas aos poucos, como os minutos do tempo que não pára, em cada coração.
As amizades nascem com um gesto, um olhar, uma busca de afinidades, de risos e lágrimas, de sabores e dores, de várias cumplicidades.
Há aquelas que se comunicam em silêncios lânguidos, compreendidos nos olhares atentos.
Amizades profundas, nascem por vezes duma discussão acesa, por causas, depois julgadas fúteis, em que essas coisas inúteis, se tornam úteis, porque fizeram aflorar e consolidar uma bela amizade.
Há ainda aquelas que caminham lado a lado desde os bancos da escola.
As que aparecem e crescem do time que disputa a mesma bola...
A palavra do amigo, o ombro dado com carinho, é remédio mais que eficaz contra a tristeza e desilusão.
Nunca é tempo perdido, aquele que se gasta com um amigo. É tempo recompensado, aproveitado, enriquecido, vivido, abençoado.
As lembranças amigas que o tempo não apaga em cada ausência, por vezes forçada, mas tão presente no coração da verdadeira amizade, que chora ou ri com a saudade, mas está sempre presente no coração e na alma da gente.

Recolhendo farpas amistosas

By@ Anna

(D.A.Reservados)

8 comentários:

Anônimo disse...

pena que alguns amigos se vao e outros tomam o seu lugar, se voce parar pra pensar de verdade, amigos nunca ficam pela vida toda, alguns mudam, outros morrem, brigam, se casam, se perdem e outros tomam o seu lugar...o que seria da gente sem nossos amigos

Vera disse...

Os amigos são o melhor do mundo! São poucos os verdadeiros, mas os que temos devemos conservá-los sempre, não importando a distância, porque quando a amizade é verdadeira não existem pontes.
Beijinhos!

Mônica Montone disse...

As amizades que se comunicam em silêncio são as melhores, né?

Beijos, querida Anna

MM

Anna D' Castro disse...

Meus queridos as minhas desculpas, por esta ausência deste meu cantinho, mas com os ensaios do teatro, a estreia e as apresentações fiquei bem atolada sem conseguir escrever nada ou pensar em nada o que não seja o teatro.
Obrigada pelo vosso carinho.
Vou tentar me disponibilizar um pouco mais para deixar aqui os meus pensamentos e desabafos.
Beijos a todos

Arauto da Ria disse...

Anna!
A amizade começa a ser um sentimento em vias de extinção.
Os amigos são um bem precioso.
Entende-se o seu afastamento tem sido muita carga.
Um beijo

Arauto da Ria disse...

Anna!
Está tudo bem?
Espero que seja só o trabalho a afasta-la dos amigos deste mundo.
Saúdades!!!
Um beijo.

João JR disse...

Amizade...o mais belo sentimento do mundo:)
Infelizmente tb há falsas amizades, aquelas que traiem a troco de futilidades, de cobardias e coisas afins. Essas, nunca são amizades para a vida toda. Mas aquelas que o são de verdade, ficam para sempre:)
UM xi amigo..

Mariliza Silva disse...

Amigos são nossa própria vida. E estou descobrindo que os virtuais também!!
Sem as vezes ter a intenção, um amigo virtual, pelos blogs, vai preenchendo as lacunas que deixamos, quando chegamos cansados em casa!!

Parabéns pelo seu blog, Anna!
Adorei e pode contar que já tem mais uma amiga!!
Mariliza